Mate & Prosa – Andarilhos

Posted on Posted in Sem categoria

O Mate & Prosa de hoje foi convidando para o lançamento da 2ª edição do Andarilhos:

Segunda edição do livro “Andarilhos” será lançada em Porto Alegre

Lançamento acontecerá no dia 20 de abril, na Livraria Taverna, com bate-papo e sessão de autógrafos com o autor R. Tavares.

Nas palavras da escritora Letícia Wierzchowski, o livro “Andarilhos” “… evoca um Rio Grande escondido, embrenhado no pampa, um Rio Grande de lendas, amores e segredos, de homens sem pouso e mulheres sem voz, mas cheias de coragem. É quase um “road movie” literário: a história sem pouso de um homem sem paz.”

É no vasto e inesgotável pampa gaúcho que transitam os personagens de R. Tavares: Pedro Guarany, um changador marcado por uma antiga tragédia; João Fôia, lacônico homem cuja real personalidade é um mistério; e o francês Alphonse Saint Dominguet, cujo olhar forasteiro revela a estranheza, os arcaísmos e a alma profunda destes rincões à margem do mundo. Esses três andarilhos se reúnem em uma improvável comitiva de viagem, passando por cenários pitorescos, enfrentando ameaças e, principalmente, o passado – sempre à espreita (como um tigre nas matas) – pronto para cobrar seus tributos. O romance propõe um novo olhar para o interior do sul do Brasil. Apesar desse deslocamento, nos afastando das urbes até chegarmos às planícies do pampa gaúcho, com todas as suas particularidades, a obra de Tavares revela, por mais longínquos que sejam os cenários e a cultura local de seus personagens, a sua maestria ao explorar as questões universais da existência humana. Recorrente nos trabalhos do autor, as narrativas que se passam em espaços interioranos – onde muitas vezes a paisagem é tão marcante que soa como personagem – sugerem o que poderíamos chamar de literatura regional contemporânea, um estilo com forte influência dos escritores contemporâneos, seja na linguagem, seja no ritmo, e que mistura elementos da literatura tradicional, mas sem cair no folclorismo.

Ambientado no princípio do século XX, período histórico onde sabemos que as mulheres não tinham espaço, nem voz, sobretudo no tradicionalismo rio-grandense, as personagens femininas de “Andarilhos”, apesar dessa invisibilidade imposta pela sociedade da época, mostram em suas passagens toda a força e importância das mulheres, não apenas no contexto social, mas nos dramas da história.

Após a primeira edição de “Andarilhos” ter esgotado, o livro está de casa nova. Com nova diagramação, acabamento e apresentação de textos, a segunda edição é assinada pela editora Taverna, novo selo editorial de Porto Alegre, que já carrega toda a bagagem adquirida pelos editores que mantém a Livraria Taverna, no Centro Histórico da Capital. O lançamento acontecerá no dia 20 de abril, a partir das 19h, na Livraria Taverna (Fernando Machado, 370). Na ocasião haverá sessão de autógrafos e bate-papo com R. Tavares e Guilherme Suman, professor de literatura, que irá comentar e conduzir a conversa. Sobre o autor R. Tavares é natural de Bagé – RS. Autor de “A tropeada”, “Contos sangrentos”, “Noite escura” e “Andarilhos”, que está em sua segunda edição. É um dos idealizadores do FestFronteira Literária, festival voltado à promoção e discussão da literatura na cidade de Bagé, que teve a sua primeira edição em 2017. Atualmente Tavares está participando da tradicional Oficina Literária do escritor Assis Brasil.

Sobre a editora A editora Taverna foi criada em outubro de 2017, com a publicação do livro de poemas “Vida e morte de Rimbaud na terra do sempre”, do escritor Stéfano Deves. Dirigida por André Günther e Ederson Lopes, proprietários da Livraria Taverna, o catálogo da editora pretende abranger literatura brasileira contemporânea, ciências humanas e sociais, além de obras que discutam temas importantes da contemporaneidade. Atualmente está com quatro projetos de publicação em andamento, com previsão de lançamento até o final do ano.

Citações

“Em Andarilhos, Rodrigo Tavares mostra uma escrita confiante, um projeto literário sólido e uma boa história a ser contada, três coisas que não se vê todo dia num livro de estreia.” Samir Machado de Machado, autor de Homens Elegantes.

“Em sua estreia no romance, Tavares já se mostra experiente na doma: conhece a hora de conduzir a narrativa com rédeas firmes e os momentos em que é preciso deixá-la correr livre.” André Timm, autor de Modos Inacabados de Morrer.

“Tudo é autêntico nesta narrativa, principalmente Pedro Guarany, o personagem principal, que nos encanta ao domar cavalos pelo diálogo das mãos experientes, sem jamais apelar para a violência. E pela saga da sua vida, onde enfrenta os desafios da pobreza e da mestiçagem, guardando os valores essenciais do que entende por gaúcho.” Alcy Cheuiche, autor de Sob os céus de Paris

“Desfrute deste romance que cativa o leitor já em suas primeiras páginas e nos faz querer acompanhar a vida de seus personagens até o fim. “Andarilhos”, de R. Tavares, é um livro para ler e reler.” Maurício Wajciekowski, professor e mestre em letras.

“Escrito por alguém que conhece a fundo esse universo cultural, o romance de Tavares vem soprar um novo e necessário vigor na literatura regionalista do Sul – redescobrindo um rico imaginário local que, nos últimos tempos, anda injustamente esquecido.“ José Francisco Botelho, autor de A árvore que falava aramaico.

Ficha técnica
“Andarilhos” – 2ª edição (2018)
Autor: R. Tavares
Páginas: 204 p.
ISBN: 978-85-94265-01-2
Preço de capa: R$ 34,90
Editora: Taverna

Serviço

Lançamento do livro “Andarilhos” – 2ª edição, de R. Tavares Quando: 20 de abril, sexta-feira, às 19h Onde: Livraria Taverna (Fernando Machado, 370) Entrada franca.

Assessoria de imprensa

André Günther (51) 3221 2510

(51) 98110 5917 (what’s app) andresgunther@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *